35

Faltam 35 dias

E agora, José?*
O calendário virou
Já não sei o que sou
Só sei pra onde eu vou
Quando o vento voltar a soprar
35 é feito de tantos números
Mas a melhor rima ainda
É a vida

E seus eternos mistérios

(Gracielle)
Eu sempre acreditei em números. Sempre fui supersticiosa, pesquisadora e encontro significado onde nem existe. Eu acredito em sinais e na numerologia. E sei bem a força do número 5.
E racionalizando onde vive só um coração, descobri que a numerologia pitagórica (que é bem mais complicada que eu de explicar) me resume nessas três pequenas porções de quantidade: 3+5 = 8
E a numerologia tradicional traduz todas as sensações dessas três décadas e meia.
3: Expressão, comunicação, interação. É a representação de como lidamos com o mundo exterior.
E se há algo que me define é a extroversão, o poder de retirar um bom dia a quem for e distribuir sorrisos mesmo com um mal humor e sem motivos pra sorrir.
Eu não nasci bonita demais, de parar o trânsito e nem do tipo que se impõe pelo tamanho e pela presença. Mas sei bem que a minha alegria, otimismo e fama de “faladeira” são meu carimbo pessoal.
O 3 é triangulo, é união de extremos, um ser de três pontas: é verbo solar, é a Trindade, os três mundos e o equilíbrio universal. É o ser + falar + escrever. É o sentir + expressar + pensar. É viver fora de si, aqui dentro e lá em Marte.

Enquanto isso, o 5 é a liberdade, é o se aventura, o não caber em lugar algum. É curiosidade, a versatilidade.
É o número dos sem compromisso com as regras.
Eu não precisei dar volta ao mundo, ter carimbo em passaporte pra provar que me lanço de cabeça no que me oferecem. Eu posso nem sempre ter sido assim. Mas entre tantos km rodados em 2015 eu descobri que a maior aventura é a que se passa nas mudanças da alma.
E se tem algo que levo á sério na vida, hoje, é me manter em movimento. É preciso não parar. Não estabilizar. Não se acomodar. É preciso aceitar que a vida muda. Que os sonhos mudam. Que os focos mudam. E que há uma vida inteira pra cada lado da estrada que você escolher.
O 5 é isso: é saber muita coisa, mesma não se especializando em coisa alguma. E assim me fiz uma enciclopédia. Tenho assunto com quem for, pra que hora for. E até pra ficar em silêncio.
Descobri que na mala, antes de qualquer fórmula, é preciso ter a liberdade de se permitir mudar. De se surpreender. De mudar a rota pra onde for. Que o Norte nem sempre é um ponto fixo.
Se o três é o numero dos artistas, escritores, atores e advogados, o 5 é dos jornalistas, repórteres, entrevistadores e até dos detetives.
E eu me vejo assim: vendo arte em tudo, harmonia mesmo onde não há. Ando pelo mundo pensando em cores que não sei o nome*. E vejo em tudo as “colores de Almodóvar”. E ao mesmo tempo vendo sinais em tudo, digerindo informações o tempo todo e cheia de curiosidade pelo outro. O que me move é o querer entender e conhecer a vida do outro. O novo. E assim me fiz essa mulher do A a Z. E que ainda acredita que existe uma letra além desse alfabeto.

E entre tantos números chego ao 8: a balança. Seria fácil se fosse só equilíbrio. Mas eu sou metade algo bem sensível, metade algo bem agressivo. É o fim de um ciclo, da colheita. É a evolução. É a famosa guerra entre mente e emoção, alma e consciência.
É ver que esses 35 anos foram só o preparo para o que há por vir.
E eu aceito cada fase, cada detalhe. Cada desgaste. E abro essa porta com a coragem que ganhei pela vida. Com a curiosidade de criança. E a desconfiança de mulher.
Sou como Adélia Prado: sou desdobrável!*

Citações

*E Agora, José? (Carlos Drummond de Andrade)
*Esquadros (Adriana Calcanhoto)

*Com licença Poética (Adélia Prado)

Anúncios
35

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s